domingo, 11 de outubro de 2009

Comemorando outubro, por Maggy de Matos

Então, vamos vivendo o mês de outubro...
Que é o segundo mês do outono no hemisfério boreal e da primavera no hemisfério austral. É o mês em que se encerra as vindimas (adoro esta palavra!), iniciadas em setembro, no hemisfério norte, começando a produção do vinho...

No Brasil é o mês da colheita das jabuticabas, fruta típica do país.



Outubro inicia-se astrologicamente com o Sol no signo de Libra (Balança) e termina no signo de Escorpião. Astronomicamente, o Sol inicia-se na constelação de Virgem (Virgo) e termina na constelação de Libra (Balança).

Voltando ao comentário sobre o mês de outubro, foi em 1985, dia 2, que Rock Hudson morreu. De AIDS! Espanto total, porque, até então, era um astro canastrão, mas “o bonitão”. O amante desejado pelas moças; par constante dos filmes com Doris Day. A AIDS, desde 1980, passou a ser a “praga do Egito”, que começou a mostrar o comportamento sexual secreto, das ditas celebridades: drogas, sexo e rock-and-roll. No dia 03, em 1990, um acontecimento edificante: cai o muro de Berlim. A Alemanha foi reunificada. Alegremente, comemoramos São Francisco de Assis, no dia 4 e, por causa dele, passou a ser, também, o Dia da Ecologia, das Aves e dos Animais. Francisco, a mais fraterna Criatura da Natureza. E, a partir destes 2009, será dia para lembrarmos que Mercedes Sosa faleceu, dando Gracias a La Vida, canção de Violeta Parra..., que nasceu em 1917, no dia 4 de outubro!
1957: no dia 4, também, a antiga União Soviética lança o satélite artificial, Sputnik I. Nesta data, num colégio interno, tudo parecia ficção científica!
Foi nos dias 5, 6 e 7, respectivamente, que o Calendário Juliano foi substituído pelo Calendário Gregoriano (1582), usado, desde, então; em 1927, em Nova York, estreou o primeiro filme sonoro: “O Cantor de Jazz”, e em 2001, outro dia mesmo!, Estados Unidos e Grã-Bretanha iniciaram o ataque ao Iraque, por causa dos atentados terroristas em 11 de setembro, que derrubaram as torres do WTC.

Eu quero homenagear Che Guevara, que no dia 8, em 1967, foi capturado e executado nas selvas bolivianas. Idealista por natureza, ainda hoje, símbolo do jovem contestador e revolucionário, foi “um menino de saúde precária, minada pela asma; um easy rider dos pampas, que descobriu seu continente, viajando de carona numa velha motocicleta; um intelectual sarcástico e um guerrilheiro disciplinado que acreditava na internacionalização do movimento e foi buscá-la até onde as garras do exército boliviano e as emboscadas da Cia o permitiram. Para morrer no sonho e nele sobreviver” (COHEN, Marleine, 2006).
No dia 9, 1940, nasceu John Lennon. Hoje ele estaria com 69 anos. Mas, foi assassinado por um louco. Ouçam! http://www.youtube.com/watch?v=R5kjf_L328s


Dia 10: Dia Mundial da Saúde Mental, uma data tradicional da OMS e de várias organizações não-governamentais, em todo o mundo. O Brasil é citado como país cujo esforço vem sendo reconhecido mas que também precisa avançar profundamente na oferta de atenção em saúde mental, especialmente na rede básica de saúde. Genebra é a cidade onde Rousseau escreveu, muito antes da Revolução Francesa, o "Discurso sobre a Desigualdade entre os Homens": Desigualdade, não diferença, diversidade, porque esta é que faz o encanto da experiência humana no mundo. Desigualdade é a iniqüidade, o sofrimento maior que atinge populações mais pobres ou de regiões desassistidas, porque não podem aceder aos bens e direitos, como à saúde.

Dia 18: dia do médico!
Veja e ouça:


-Brincadeira, mas é sério: “De médico e de louco, cada um tem um pouco”

(continuamos amanhã, contando “tins, e tons, e tais...” do mês de outubro...)


Nota: realiza-se há mais de quarenta anos, anualmente, na cidade de Virginópolis, vale do Rio Doce, a 280 km de Belo Horizonte, o Festival da Jabuticaba, com música, dança, feiras, frutas, vinhos, licores, cachaças... tudo em torno dos quintais de jabuticabas nativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário