quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Poesia... para sempre.


Eterno é tudo aquilo que vive uma fração de segundo mas com tamanha intensidade que se petrifica e nenhuma força o resgata.

Carlos Drummond de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário