quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

CARNAVAL 10



“Aonde vamos agora, Walt Whitman?
As portas fecharam em uma hora.
Pra quais caminhos aponta tua barba esta noite?
(toco o teu livro e sonho com nossa odisséia no supermercado e sinto-me absurdo)
Caminharemos a noite toda por solitárias ruas?
As árvores somam sombras a sombras, luzes apagam-se nas casas,
ficaremos ambos sós.
Vaguearemos sonhando com a América perdida do amor passando pelos
Automóveis azuis nas vias expressas voltando para o nosso silencioso chalé?
Ah, pai querido, barba grisalha, velho solitário, professor de coragem,
Qual a América era a tua quando Caronte parou de impelir sua balsa
E você desceu na margem nevoenta nas águas negras do Letes?”

(A. Ginsberg para Walt Whitman)

Nenhum comentário:

Postar um comentário