segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

CARNAVAL 8


WALT WHITMAN 8

Do inquieto oceano da multidão

Veio a mim uma gota gentilmente

Suspirando:

- Eu te amo, há longo tempo

fiz uma extensa caminhada apenas

para te olhar, tocar-te,

pois não podia morrer

sem te olhar uma vez antes,

Com o meu medo de perder-te depois.

- Agora nos encontramos e olhamos,

Estamos salvos,

Retorne em paz ao oceano, meu amor,

Também sou parte do oceano, meu amor,

Não estamos assim tão separados,

Olhe a imensa curvatura,

A coesão de tudo tão perfeito!

Quanto a mim e a você,

Separa-nos o mar irresistível

Levando-nos algum tempo afastados,

Embora não possa afastar-nos sempre:

Não fique impaciente – um breve espaço –

E fique certa de que eu saúdo o ar,

A terra e o oceano,

Todos os dias ao pôr-do-sol

Por sua amada causa, meu amor.



CODA: in Folhas das folhas da Relva, Walt Whitman – seleção e tradução de Geir Campos, Introdução de Paulo Leminski, Brasiliense, 1983.

Nenhum comentário:

Postar um comentário