sexta-feira, 12 de março de 2010

Mulheres 11: por Sebastião Salgado


Perdido seja para nós
Aquele dia em que
Não se dançou nem uma vez!
E falsa seja para nós
Toda a verdade que não tenha sido
Acompanhada de uma gargalhada! (Nietzsche)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PRIMEIRA VEZ

(TERCEIRO CONTO DO LIVRO 'INCONTÁVEIS') A PRIMEIRA VEZ Ele bate a coronha da arma na minha cabeça e fico momentan...