segunda-feira, 12 de abril de 2010

De verdades...


Seja bem-vinda a esses versos

Estamos em guerra

Mas espero te deixar à vontade

Não ligue para minhas histórias

É apenas nervosismo

Não fiz amor com você

Quando éramos estudantes do Leste?

Sim a casa está diferente

A vila será tomada em breve

Já retirei tudo que

Pudesse ser útil ao inimigo

Estamos sós

Até que os tempos mudem

E os que forem traídos

Voltem como peregrinos a este momento

Em que não nos rendemos

Em que nos recusamos decididamente

A chamar escuridão de poesia.


CODA: Atrás das linhas inimigas do meu amor, Leonard Cohen, 7Letras, RJ, 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário