quarta-feira, 14 de abril de 2010

Poesia

(...)

Evite florear. Não tenha medo de ser fraco. Não tenha vergonha de estar cansado. Você fica bem quando está cansado. Você fica como se pudesse continuar para sempre. Agora venha em meus braços. Você é o retrato de minha beleza.


In Como falar poesia, Leonard Cohen, Atrás das linhas inimigas do meu amor, 7Letras, RJ, 2007.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PRIMEIRA VEZ

(TERCEIRO CONTO DO LIVRO 'INCONTÁVEIS') A PRIMEIRA VEZ Ele bate a coronha da arma na minha cabeça e fico momentan...