sexta-feira, 7 de maio de 2010

Anoitece... e hoje, desta hora não tenho medo....

Minha cidade,
meu belo horizonte,
minha estrela vespertina...


minha varanda....
Oh, Deus!
Que belo horizonte!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

NO FUNDO NÃO HAVIA ÁGUA ou ENTRE O SUJEITO E A COISA

( nota prévia: esse é o primeiro conto do livro INCONTÁVEIS,  de que publicamos o prefácio antes. Como dissemos é um livro denúncia. Denú...