quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Foi assim...



“Não saber se
Se ausenta ou se te espera.
Aflição de te amar,
Se te comove.
E sendo água, amor,
Querer ser terra".

(Hilda Hilst)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hilda, a mulher de coragem

Hoje, terça feira, 10 de abril: LETRA EM CENA A professora Eliane Robert de Moraes analisa a obra de Hilda Hilst. Nesta terça-feira (10)...