terça-feira, 7 de setembro de 2010

Sim, hoje.



“Da sabedoria é esta a conclusão final:
A vida e a liberdade só merece
Quem dia após dia as conquista.
E assim cercados por perigos
Passam seu dia os jovens, os adultos e os anciãos.
Queria eu ver esta multidão
Pisar em solo livre como homens livres.
E se pudesse, a este instante eu diria:
‘És tão belo, fica: ’
O rastro de meus dias nesta terra
Nem em milênios deve desaparecer.”

(in Faust, Der Tragodie Erster Teil)

Johann Wolfgang Goethe (1749 – 1832) – Goethe, o grande. Ou melhor, talvez, o maior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NO FUNDO NÃO HAVIA ÁGUA ou ENTRE O SUJEITO E A COISA

( nota prévia: esse é o primeiro conto do livro INCONTÁVEIS,  de que publicamos o prefácio antes. Como dissemos é um livro denúncia. Denú...