sábado, 1 de janeiro de 2011

Do Alexandre, pra todos nós...


Estamos nos últimos dias do ano de 2010...

e depois da meia-noite do dia 31, virá o Ano Novo...

O engraçado é que - teoricamente - continua tudo igual...

Ainda seremos os mesmos.

Ainda teremos os mesmos amigos.

Alguns o mesmo emprego.

O mesmo parceiro(a).

As mesmas dívidas (emocionais e/ou financeiras).

Ainda seremos fruto das escolhas que fizemos durante a vida.

Ainda seremos as mesmas pessoas que fomos este ano...

A diferença, a sutil diferença, é que quando o relógio nos avisar que é meia noite, do dia 31 de dezembro de 2010, teremos um ano
in-tei-ri-nho pela frente! Um ano novinho em folha!

Como uma tela em branco, esperando por qual paisagem vamos desenhar.

Um ano para começarmos o que ainda não tivemos força de vontade, coragem
ou fé...

Um ano para perdoarmos um erro, um ano para sermos perdoados dos nossos...

365 dias para fazermos aquilo que quisermos...

Ou para deixarmos que façam o que quiserem conosco...

Sempre há uma escolha...

E, exatamente por isso, eu desejo que os meus amigos façam as melhores escolhas que puderem. Desejo que sorriam o máximo que puderem.

Cantem aquilo que quiserem.

Beijem muito. Amem mais.

Abracem bem apertado.

Agradeçam por estarem vivos e terem sempre mais uma chance para recomeçar.

Agradeçam as suas escolhas, pois certas ou não, elas são suas.

Aos que me 'acompanham' desde muito tempo.

Aos amigos que eu fiz este ano.

Aos que eu escrevo pouco, mas lembro muito.

Aos que eu escrevo muito e falo pouco.

Aos que moram longe e não vejo tanto quanto gostaria.

Aos que moram perto e eu vejo sempre.

Aos que me 'seguram', quando penso que vou cair.

Aos que ganham e perdem.

Aos que me parecem fortes e aos que realmente são.

Aos que me parecem anjos, mas estão aqui e me dão a certeza de que existe algo de divino neste mundo.

Desejo que 2011 seja um ano ainda mais feliz e colorido.

Que venha cheio de amor, paz, saúde e ótimos encontros!


Muito obrigada, Alex. Que bom, teremos 2011 todinho pra montão de coisa....

Nenhum comentário:

Postar um comentário