terça-feira, 1 de março de 2011

Boa Nova


Teatro, cinema, música, dança, artes plásticas, artesanato e demais setores da cultura mineira têm um encontro marcado, em 28 de março, em Belo Horizonte. Nessa data, depois de uma espera de seis anos, será inaugurado o Sesc Palladium Domus Artium, que ocupa as dependências do antigo Cine Palladium e terá entradas pela Avenida Augusto de Lima e Rua Rio de Janeiro, no Centro.

A estreia deverá ter a apresentação do Grupo Corpo e uma exposição de arte popular do acervo da instituição, adiantou o chefe da Coordenação de Artes e Cultura da instituição, Joubert Cândido Rodrigues. “Vamos mostrar a performance do artista Marco Paulo Rolla e outros brasileiros que fazem sucesso na Europa, ainda pouco conhecidos por aqui”, destacou.

O Palladium terá um cinema com 80 lugares e entrada sempre gratuita – a estreia simultânea será com o filme Vinho de Rosas, da cineasta mineira Elza Cataldo, O fim do sem fim, de Cao Guimarães, e Pequenas Histórias, de Helvécio Ratton. Contará ainda com teatro de bolso, também com 80 lugares, biblioteca, café e galeria de arte, além de salas para cursos (música, dança e teatro), salas para eventos de negócios, feiras e congressos e estacionamento para 130 veículos. A nova construção, com projeto interno da arquiteta Angela Roldão, tem quatro andares subterrâneos (estacionamentos), pilotis, sobreloja, e restaurante e cobertura a cargo do Senac. No total, serão oito andares com 14 mil metros quadrados de área construída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário