segunda-feira, 14 de março de 2011

Momento John Steinbeck

‘’Ratos e Homens’’ é daqueles textos que depois que os li me fizeram dizer: ‘não sou mais a mesma pessoa’. Obra-prima entre várias de John Steinbeck (1902-1968), o mais americano dos grandes autores americanos, foi publicada em 1937; é ainda um dos mais aplaudidos do autor. Steinbeck recebeu o Nobel em 1962.
“A lagoa profundamente verde do rio Salinas estava imóvel naquele fim de tarde. O sol já tinha deixado o vale para escalar as encostas das montanhas Gabilan, e o topo das colinas estava rosado. Mas, ao lado da lagoa, entre os plátanos sarapintados, uma sombra agradável tinha caído.
Uma cobra d’água deslizou pela superfície da lagoa, virando sua cabeça de periscópio de um lado para o outro, e percorreu toda a extensão da lagoa, até chegar aos pés de uma garça imóvel que estava na parte rasa. A cabeça e o bico silencioso da ave se curvaram para baixo e a agarraram pela cabeça, e o bico engoliu a cobrinha enquanto sua cauda tremelicava freneticamente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário