terça-feira, 19 de abril de 2011

Educando:

O documentarista francês Thomas Balmès filmou quatro crianças de diferentes países durante um ano e o resultado deste material é o filme “Bebês”. Namíbia Mongólia, Japão e Estados Unidos foram o cenário escolhido por Balmès, cuja ideia é mostrar ao grande público as diferentes perspectivas culturais que influem na criação de crianças.
“Bebês” não tem diálogos nem depoimentos, apenas músicas de Bruno Coulais, que é o mesmo de “Couraline e o mundo secreto” e “A voz do coração”. O filme de Balmès, no entanto, não apresenta qualquer interação com seus personagens.
E enquanto isso a câmera simplesmente grava seu cotidiano mesmo quando os bebês estão expostos a situações perigosas. O que faz com que o resultado desta experiência seja uma produção hipnótica e discutível ao mesmo tempo.
Os quatro bebês retratados são Ponijao, Bayar, Mari e Hattie. O primeiro vive em uma comunidade tribal da Namíbia, o segundo em uma cabana rodeada pelo deserto de Gobi e as meninas em Tóquio e São Francisco (rodeadas de mimos e apetrechos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário