quinta-feira, 23 de junho de 2011

Bolsas da Zélia





 Em tempos de ‘rever com urgência o conceito descartável e salvar o planeta’ ou apenas ‘rever quem somos para refazer o que temos feito’ surge, entre outros, o trabalho maravilhoso de Zélia: bolsas definitivas, únicas, em telas exclusivas. Genial. E lindo, é claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PRIMEIRA VEZ

(TERCEIRO CONTO DO LIVRO 'INCONTÁVEIS') A PRIMEIRA VEZ Ele bate a coronha da arma na minha cabeça e fico momentan...