sábado, 26 de novembro de 2011

Anúncio do Começo

 

 Já temos nosso plano de vôo para os próximos 13 meses. Fazemos e queremos arte, e na licença poética, temos, entre outras licenças, outros tempos. Nossa intenção irá se ocupar nos próximos meses com o COMEÇO. Nossa bússola  nesse percurso será: SONHOS. Nossos mestres principais nessa hora: Jorge Luís Borges, Freud, Kurosawa e Gustav Klimt. (virão muitos outros durante o percurso). Preparem seus corações, portanto. Vamos sonhar. E no mais, feliz ano velho pra todo mundo. E ainda:


O tempo passa? Não passa

(Carlos Drummond, só pra variar)

O tempo passa? Não passa
no abismo do coração.
Lá dentro, perdura a graça
do amor, florindo em canção.

O tempo nos aproxima
cada vez mais, nos reduz
a um só verso e uma rima
de mãos e olhos, na luz.

Não há tempo consumido
nem tempo a economizar.
O tempo é todo vestido
de amor e tempo de amar.

O meu tempo e o teu, amada,
transcendem qualquer medida.
Além do amor, não há nada,
amar é o sumo da vida.

São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer a toda hora.


E nosso amor, que brotou
do tempo, não tem idade,
pois só quem ama escutou
o apelo da eternidade. 
  
 
(As três idades da mulher, detalhe, Gustav Klimt)

Nenhum comentário:

Postar um comentário