segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Para o Marco:


 Dia 28 de novembro é o dia brasileiro do soldado desconhecido:
Túmulo do soldado desconhecido é o nome que recebem os monumentos erigidos pelas nações para honrar os soldados que morrem nas guerras e não têm seus corpos identificados. Por vezes é um túmulo simbólico, também chamado cenotáfio, palavra de origem grega que, etimologicamente, significa ‘túmulo vazio’. Este tipo de homenagem data do século XIX, com o ‘Soldado de Infantaria’, 1849, na Dinamarca, e o ‘Morto Desconhecido’, 1866, da Guerra Civil Americana. Em 1920, o Reino Unido enterrou um combatente desconhecido na Abadia de Westminster, em nome de todos os seus exércitos; logo outros países seguiram a idéia e criaram seus monumentos. Um dos mais famosos é o que foi instalado sob o Arco do Triunfo em Paris, em 1921, para homenagear os mortos em batalhas da Primeira Guerra Mundial. No Brasil, existe o Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro. Outro cenotáfio que se destaca no Brasil está no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, criado por Getúlio Vargas, em 1936, com a intenção de resgatar os restos mortais dos inconfidentes, mortos exilados na África, tempo também da criação do IPHAN (órgão de defesa do patrimônio histórico e artístico brasileiro).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário