sábado, 31 de dezembro de 2011

Continuando a jornada...


Sonho adentro! Então, estivemos dormindo por um tempo – ninguém é de ferro – mas já acordamos. Em muitos sentidos, naturalmente. Somos nós, o quasesertão, e acordamos que nesse ano, - bem entendido o próximo-, vamos sonhar. Como todos também já sabem, já estávamos sonhando há vários anos. Continuando, portanto, e somando...
 
É uma pena que o filme ‘Os homens que encaravam cabras’ (The Men Who Stare at Goats) tenha passado quase silencioso. Esse filme nos fala de sonhar, e fala muito bem. Devíamos leva-lo  mais a sério. Reuniram um elenco de deuses (exagero à parte, isso é para indicar a escolha que a narrativa faz... o ponto certo da ironia, do humor crítico, da ridicularização severa), que se comporta como tal. O quarteto ‘Clonney, MacGregor, Bridges e Space’ está impagável. A direção, produção, fotografia, roteiro e trilha estão ótimos. E o melhor... A sátira? Talvez, mas pode ser a reflexão se você preferir. Pode ser também a comédia. Ou o reencontro de boas memórias: dei ótimas risadas, e reafirmei princípios filosóficos profundos. Morrendo de rir. Encontrando sonhos. E/ou causas. É isso. Tem sim vida inteligente por aí. Que acredita em sonhos...

O filme é adaptação de um livro de Jon Ronson; estreiou em 2009, no festival de Veneza.Divirta-se, sem parar de pensar, e rir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário