sábado, 28 de janeiro de 2012

Notas sobre o que está por vir

 6.
Ela falou durante três horas, sem vírgula, ponto ou reticências. Atacou a princípio, por uns trinta minutos e pelos trinta minutos seguintes se defendeu. A partir da primeira hora começou a fazer planos para o futuro e passou a limpo diferentes hipóteses, premissas, projetos, possibilidades e probabilidades. Durante a terceira hora construiu castelos, abriu trilhas e fixou metas. Sem interrogações ou exclamações. Sem fôlego. Antes que ela começasse a destruição, desliguei o telefone.

Magda Maria Campos Pinto


Nenhum comentário:

Postar um comentário