sábado, 3 de março de 2012

Cinema bom:


Cinco Dias Sem Nora, filme mexicano de Mariana Chenillo, vale a tradição do bom cinema mexicano, que, aliás, anda sumido. Sutil e bem humorado, trabalha uma ótima trama com temas delicados: suicídio, religião, adultério, poder. E trabalha de maneira original, escapando dos estereótipos e provocando risada. O filme é tecnicamente muito bom, incluindo direção, trilha sonora e produção de arte. E mais: fantástica atuação de Fernando Lujan como José. Feito em 2008, estreou por aqui em 2011. É certo que o filme está um tanto ‘engessado’ e perde alguns pontos na evolução (por exemplo, acho que errou no nome. A versão americana Nora’s Will me parece muito mais adequada e bonita); entretanto, ganha pela inteligência e coragem por tratar dos temas. Acho muito louvável (quiçá fundamental) encarar temas difíceis em tempos de banalização e massa. Bom filme pra vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário