sábado, 19 de maio de 2012

De olho em Cannes/2012


Sean Penn comandou nesta sexta-feira um evento em Cannes para arrecadar dinheiro para o Haiti; desde o terremoto de 2010, Penn está engajado nessa causa; já foi nomeado embaixador do Haiti. As celebridades compareceram e contribuíram; dizem que o evento foi um sucesso e arrecadou mais de um milhão de euros, o que não me parece muita coisa, considerado o público que estava por ali. Mas quem sabe não é um começo? A obsessão por celebridades está tratada num dos filmes que concorrem ao prêmio, um filme italiano com o interessante nome de Realidades.


A família Coppola destaca-se neste festival. O filho mais velho de Francis, Roman Coppola, conseguiu dois lugares; escreveu com Wes Anderson o roteiro de Moonrise Kingdom que abriu o festival e está na produção de On the Road, que Walter Salles dirigiu. O projeto ‘On the road’ estava nos planos dos Coppola há anos. Certamente o respaldo deles ajuda muito o filme. Ou seja, o jovem Coppola vem à toda. Além disso, dirigiu um longa metragem que está em fase de finalização e já desperta interesse; será lançado ainda em 2012. Roman Coppola também é fotógrafo.


A violência do filme australiano ‘Os infratores’ sacudiu público e imprensa neste sábado. Essa notícia sacudiu a mim. O que mais pode vir agora em termos de violência? Vai saber... (ou melhor, vou pensar bem antes de querer saber). Mas também disseram que o filme é bom; o assunto é importante e passa da hora de receber revisão:  tráfico de drogas. Dizem que o filme recebe inspiração do delicioso Bonnie and Clyde (1967), e conta com um Gary Oldman simplesmente arrasando. Assim, vai ser difícil não ver.




Nenhum comentário:

Postar um comentário