sábado, 14 de julho de 2012

Lóri para Estêvão:



p.s: você se lembra: o ano era 76, esquina de Bahia com Augusto de Lima, um cara lindo com cara de anjo negro barroco na capa prata de um LP, alumbramento absoluto, eu e você, e Djavan para sempre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PRIMEIRA VEZ

(TERCEIRO CONTO DO LIVRO 'INCONTÁVEIS') A PRIMEIRA VEZ Ele bate a coronha da arma na minha cabeça e fico momentan...