quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA 2012

 
 Bartolomeu Campos de Queirós, com o livro Vermelho Amargo, da Cosac Naify, e Suzana Montoro, com Os hungareses, da editora Ofício das Palavras, são os grandes vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2012. Prestigioso prêmio, deve ser bem festejado pelo grande incentivo dado à literatura brasileira. Bartolomeu é dono de vasta e bela obra. Embora bem reconhecido merece mais, muito mais. Esse prêmio vem validar um legado importante. Suzana, autora de dois livros infanto-juvenis, recebe o prêmio de estreante. 
 
imagem ilustrativa

Viva a literatura !

Nenhum comentário:

Postar um comentário