quinta-feira, 13 de setembro de 2012

VIGÍLIA DA PRIMAVERA COM FLORBELA ESPANCA:

“Há uma primavera em cada vida
 é preciso cantá-la assim florida,
pois se Deus nos deu voz, foi para cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... para me encontrar....”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PRIMEIRA VEZ

(TERCEIRO CONTO DO LIVRO 'INCONTÁVEIS') A PRIMEIRA VEZ Ele bate a coronha da arma na minha cabeça e fico momentan...