segunda-feira, 10 de setembro de 2012

VIGÍLIA DA PRIMAVERA:


XIX
PRIMAVERAS

Primavera! juventude del anno,
Mocidad! Primavera della vita.
Metastásio
1.
A primavera é a estação dos risos,
Deus fita o mundo com celeste afago,
Tremem as folhas e palpita o lago
Da brisa louca aos amorosos frisos.

Na primavera tudo é viço e gala,
Trinam as aves a canção de amores,
E doce e bela no tapiz das flores
Melhor perfume a violeta exala.

Na primavera tudo é riso e festa,
Brotam aromas do vergel florido,
E o ramo verde de amanhã colhido
Enfeita a fronte da aldeã modesta.
(continua)

(Camisiro de Abreu aos 15 anos, foto publicada na edição comemorativa dos 150 anos da edição de Primaveras)

Nenhum comentário:

Postar um comentário