domingo, 4 de novembro de 2012

SEMANA DE VIGÍLIA 2: J. W. GOETHE


“Por que vocês, homens – gritei – não podem falar de uma coisa sem logo declarar: ‘Isso é insensato, aquilo é razoável, aquele outro é bom, isso aí é mau? ’. De que servem todas essas palavras? Vocês já conseguiram, graças a elas, penetrar as circunstâncias ocultas de uma ação? Sabem com rigorosa certeza as causas que a produzem, que a tornaram inevitável? Se assim fosse, não enunciariam com tanta rapidez os seus julgamentos.”

In Os sofrimentos do jovem Werther, J. W.  Goethe, Martin Claret, SP, 2000.
 http://2.bp.blogspot.com/-rA1KZR4bQps/T1Z1wJzxdwI/AAAAAAAABcQ/XHHg7hKk-Sc/s1600/le_roman_de_werther.jpg

(filme do alemão Max Ophüls (1902-1957), WERTHER (Le roman de Werther), baseado no romance de Goethe, preto/branco, de 1938, FR, 1h25. Com Pierre Richard-Wilm e Annie Vernay, com ênfase nos sentimentos de Charlote, contrariamente ao livro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário