sábado, 19 de janeiro de 2013

CENTENÁRIO DE VINICIUS DE MORAES 1


Vinicius de Moraes
A MÚSICA DAS ALMAS


Na manhã infinita as nuvens surgiram como a loucura numa alma

E o vento como o instinto desceu os braços das árvores que estrangularam a terra...

Depois veio a claridade, os grandes céus, a paz dos campos...

Mas nos caminhos todos choravam com os rostos levados para o alto

Porque a vida tinha misteriosamente passado na tormenta.
(foto de Reginaldo Manente)
 Vinicius de Moraes nasceu no Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913. Foi diplomata e poeta; dramaturgo e poeta, jornalista e poeta, compositor e poeta, cronista e poeta, poeta e poeta. Cognome ‘Poetinha’. É parte do alicerce da moderna cultura brasileira; foi parceiro dos grandes, amigo de todos, companheiro do Brasil. Não existe brasileiro que não saiba algo de Vinicius e que também não desconheça algo de Vinicius, tão grande e diversa é sua vida e obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário