domingo, 27 de janeiro de 2013

ISTO É AMOR PURO...

Hoje, 27 de janeiro, é aniversário de Djavan e boa desculpa pra declarar amor novamente. Djavan já é eterno, como os verdadeiros poetas. Tudo é mais rico, mais justo, mais  bonito... tudo é na medida certa com Djavan, exatamente assim, 'nem que eu bebesse o mar encheria o que eu tenho de fundo'. Feliz aniversário pra você e eu.. a gente atura e até se mostra feliz, quando se tem o álibi de ter nascido ávido e convivido inválido, mesmo sem ter havido, havido... havia mais que um desejo. No mais, faltando um pedaço, eu te devoro. Avidamente.
 

Faltando um Pedaço

 O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha
Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha
Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:
Tanto engorda quanto mata, feito desgosto de filha...


O amor é como um raio galopando em desafio
Abre fendas cobre vales, revolta as águas dos rios
Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho
Na pureza de um limão ou na solidão do espinho...


O amor e a agonia cerraram fogo no espaço
Brigando horas a fio, o cio vence o cansaço
E o coração de quem ama fica faltando um pedaço
Que nem a lua minguando, que nem o meu nos seus braços...

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário