quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

MELHORES FILMES: OSCAR 92

É imperdoável não conhecê-lo (desculpem-me o trocadilho infame, é só para ficar em sintonia com o pessoal do Omelete, legais e às vezes imperdoáveis. Falam demais, é certo, mas sabem de cinema).  É preciso acrescentar que esse filme é ponto de referência sob diversas perspectivas: revisita o western com reflexão crítica, reapresenta Clint Eastwood: agora, o mesmo e outro... e definitivo. Viva o SENHOR CLINT (figurinha marcada nesse espaço). Foi diretor, ator e... compositor do tema musical. Presta homenagem ao cinema (aliás, essa é uma interessantíssima questão metalingüística no cinema). Ganhou o Oscar de melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante e melhor edição. É lindo.

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário