terça-feira, 12 de março de 2013

12 de março: OS LUSÍADAS

 
 Em 12 de março de 1572 saiu a primeira publicação de OS LUSÍADAS, de Luís de Camões. O poema maior da língua portuguesa, épico inspirado nos clássicos Odisséia e Eneida, conta a história do povo lusitano. É uma declaração de amor a Portugal. Composto por dez cantos em versos decassílabos, tem como fio condutor a viagem de Vasco da Gama às Índias. A complexidade e beleza de ‘OS LUSÍADAS’ segue intocável.  São 8.816 versos emocionantes, distribuídos em 1.102 estrofes. É obrigatório. É belíssimo.
 

"As armas e os Barões assinalados
Que da Ocidental praia Lusitana
Por mares nunca de antes navegados
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo Reino, que tanto sublimaram;
E também as memórias gloriosas
Daqueles Reis
Que foram dilatando
A Fé, o Império, e as terras viciosas
De África e de Ásia andaram devastando,
E aqueles que por obras valorosas,
Se ao da lei da Morte libertando,
Cantando espalharei por toda parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte."


Um comentário:

  1. Quanta Garra, quanta Força, quanto Orgulho, quanta Paixão.
    Sabemos que assim era o estilo literário à época,no entanto, continua a ser um hino esplendoroso do Ser Português. Assim outros tenham "engenho e arte".

    ResponderExcluir