terça-feira, 16 de abril de 2013

Uma dica legal: THOMAS MANN – o escritor e sua missão

 
 “A contribuição não ficcional de Thomas Mann abarca aspectos os mais diversos: a Primeira e a Segunda Grande Guerra, cosmoplitismo e nacionalismo exacerbado, passado e futuro da Europa, o status do romance e do teatro alemão, socialismo e capitalismo, liberdade e paz, o Wagner alemão e o europeu etc. Mann atende a solicitações de jornais, inclusive de alguns de menor circulação, pois deste modo ele pode realizar exercícios formais e pensar os desafios que lhe são os mais caros. Para Thomas Mann o ensaio é um lugar de reflexão sobre a concepção da arte e da ficção em uma sociedade fundamentada em valores burgueses. O ensaio permite, ademais, reagir às tendências do tempo e à própria ‘irritabilidade e nervosidade perceptiva’. E assim ele produz resenhas de livros, retratos de autores, respostas a questionários de jornais e rádios, homenagens a aniversariantes, discursos fúnebres, cartas a destinatários fictícios e reais, impressões de viagens, interpretações e comentários da própria obra. E também , claro, indagações sobre fenômenos literários,estéticos e filosóficos, mais tradicionalmente associados ao gêneros do ensaio.”

THOMAS MANN - O escritor e sua missão - Goethe, Dostoiévski, Ibsen e outros, Zahar, 2012: é delicioso, a boa prosa inteligente de Mann está em doses perfeitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário