quarta-feira, 3 de julho de 2013

UMA SEMANA COM ANA CRISTINA CÉSAR 4





PSICOGRAFIA

 Também eu saio à revelia

E procuro uma síntese nas demoras

Cato obsessões com fria têmpera e dito

Do coração: não soube e digo

Da palavra: não digo (não posso ainda acreditar

Na vida) e demito o verso como quem acena

E vivo como quem despede a raiva de ter visto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

NO FUNDO NÃO HAVIA ÁGUA ou ENTRE O SUJEITO E A COISA

( nota prévia: esse é o primeiro conto do livro INCONTÁVEIS,  de que publicamos o prefácio antes. Como dissemos é um livro denúncia. Denú...