terça-feira, 16 de julho de 2013

UMA SEMANA COM GARCIA LORCA 3



Com a fronte voltada para o chão e o pensamento no alto,
Ia eu andando, andando,

E na senda do tempo
Se lançava minha vida em busca de um desejo.
Junto ao caminho cinzento
Vi uma vereda em flor
E uma rosa
Cheia de luz, cheia de vida
E de dor.
Mulher, flor que se abre no jardim:
As rosas são como tua carne virgem,
Com sua fragrância inefável e sutil
E sua nostalgia da tristeza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário