sexta-feira, 19 de julho de 2013

UMA SEMANA COM GARCIA LORCA 6



CLARO DE RELÓGIO

Sentei-me
Num claro do tempo.
Era um remanso
De silêncio,
De um branco silêncio,
Anel formidável
Onde os luzeiros
Se chocavam como os doze flutuantes
Números negros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hilda, a mulher de coragem

Hoje, terça feira, 10 de abril: LETRA EM CENA A professora Eliane Robert de Moraes analisa a obra de Hilda Hilst. Nesta terça-feira (10)...