sábado, 21 de setembro de 2013

APRENDIZ DE PRIMAVERA: A morte 14



OS DOIS LADOS
 

Deste lado tem meu corpo
Tem o sonho

Tem a minha namorada na janela
Tem as ruas gritando de luzes e movimentos

Tem meu amor tão lento
Tem o mundo batendo na minha memória

Tem o caminho pro trabalho.
 

Do outro lado tem outras vidas vivendo da minha vida
Tem pensamentos sérios me esperando na sala de visitas

Tem a minha noiva definitiva me esperando com flores na mão,
Tem a morte, as colunas da ordem e da desordem.


 In Poemas e Bumba-meu-Poeta, Murilo Mendes, Nova Fronteira, RJ, 1988.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário