sábado, 28 de setembro de 2013

APRENDIZ DE PRIMAVERA: a morte 21



 
“As pálpebras estão descidas

E as mãos em cruz sobre o peito...

MS quem é que pisa vidros?

Quem estala dedos no ar?

As pálpebras estão descidas.

Não mastigues folhas secas!

Não mastigues folhas secas,

Que te pode fazer mal...

 - quem é que canta no mar? –

As mãos repousam no peito.

E eu quero ver se bem cedo

Pescam meu corpo em Xangai.

 In 80 anos de Poesia, Mário Quintana, Editora Globo, RJ, 1995.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário