quarta-feira, 23 de outubro de 2013

IMRE KERTÉSZ 3

imre 


“É fato que neste século tudo se desvelou, ao menos uma vez tudo mostrou a verdadeira face, tudo se tornou mais real. O soldado converteu-se em assassino por vocação, a política, em criminosa, o exterminador aparelhado com fornalhas para queimar cadáveres, numa grande empresa, o jogo sujo da lei, numa norma, a liberdade universal, na prisão dos povos, o anti-semitismo, em Auschwitz, o sentimento nacionalista, em genocídio. Em todo lugar transparece a intenção verdadeira, a realidade nua; a força e a destrutividade ensanguentaram alguns dos ideais do nosso século. Talvez estejamos na situação que o maior conhecedor da alma da nossa época, Franz Kafka, assim formulou: nossa tarefa é acabar com a negatividade; o que era positivo já se rendeu.”

In A língua Exilada, Imre Kertész, Companhia das Letras, SP, 2004.

imrekinder4

Nenhum comentário:

Postar um comentário