segunda-feira, 18 de novembro de 2013

PASSEIOS LITERÁRIOS

F Scott Fitzgerald 1921.jpg


F. Scott Fitzgeral (1896-1940)


Nasceu em Saint Paul, Minnesota, EUA, e viveu em Nova York, Paris e Los Angeles. É um escritor exemplar de uma geração bem denominada, bem singular. Os jovens do pós-primeira guerra, cheios de angústia e perplexidade, querem renovar tudo, por um lado. Por outro, têm uma obsessão: o divertimento. Estão  encantados pelos novos símbolos desse divertimento: o automóvel, o cigarro e a música mais expressiva de tudo isso: o jazz. Insuperada expressão, talvez insuperável. É o contexto de Fitzgerald, muito bem revelado na coletânea CONTOS DA ERA DO JAZZ (1922). O seu primeiro romance é ‘Este lado do Paraíso’ é de 1920 e o último, e inacabado, foi ‘O último magnata’, de 1940. Entre um e outro existem muitos contos, os grandes sucessos ‘O GRANDE GATSBY’, ‘SUAVE É A NOITE’, e alguns roteiros de cinema. O encontro com Hemingway e outros artistas da mesma lavra foi fundamental na história de Fitzgerald. Viveu conforme seu tempo; fumou e bebeu muito; a vida amorosa com Zelda Sayre é uma história completa; Zelda termina sua vida internada no hospital para doentes mentais na Carolina do Norte. Scott não foi tão bem reconhecido durante sua vida, mas, alguns anos depois, ganhou enorme notoriedade e, então, sua obra foi lida como realmente se ofereceu: um retrato legítimo e nítido de um tempo sombrio, mas glamouroso e de grande criatividade.  
 
 
 
F. Scott Fitzgerald Postage Stamp

Nenhum comentário:

Postar um comentário