segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

BONS FILMES PARA VOCÊS:




OITO E MEIO

Sei de pessoas que julgaram artificial o ‘81/2’, de Fellini, essa obra prima do barroquismo. Elas é que devem ser artificiais, porque nossa alma é assim como ali está, com suas idades sucessivas convivendo, o acontecido e o imaginado tendo ambos o mesmo poder traumático e o mesmo pé de realidade. Parece-te que estou falando de poesia?

In 80 anos de poesia, Mário Quintana, Editora Globo, RJ, 1999.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hilda, a mulher de coragem

Hoje, terça feira, 10 de abril: LETRA EM CENA A professora Eliane Robert de Moraes analisa a obra de Hilda Hilst. Nesta terça-feira (10)...