terça-feira, 31 de dezembro de 2013

LEMBRANÇAS VI

 


“Assim tudo acaba em silêncio e poesia...”

Fernando Pessoa, Carta a A. Casais Monteiro, 13/jan/1935, in Fernando Pessoa, Ficções 
do Interlúdio/1, Poemas completos de Alberto Caeiro, Editora Nova Fronteira, RJ, 1980.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vladimir, Wim e Bruno. Existe vida inteligente.

A MORTE DE UM ATOR VLADIMIR SAFATLE Pode-se dizer que foi o momento mais maduro de uma carreira que trazia atrás de si uma sequênc...