domingo, 2 de agosto de 2015

TEMPO DO PEDRO 2


"- Próspero: E amolecerá a mim. Pois se você, sendo tão-somente ar, ficou sensibilizado e comovido pelas aflições deles, como não irei eu, indivíduo da mesma espécie que eles, que sei me alegrar e doer com tanta intensidade quanto eles... como não irei eu, humanamente... me comover mais que você? Embora os altos crimes por eles perpetrados tenham me deixado em carne viva, ainda assim tomo o partido de minha razão, porquanto mais nobre, contra minha fúria. A ação mostra-se mais rara na virtude que na vingança. Em sendo eles penitentes, a única intenção do meu propósito agora para de somar rugas à minha fronte. Vá, Ariel, liberte-os. Meus feitiços eu quebro, a sanidade a eles eu devolvo, e eles volta a ser eles mesmos." 

in A TEMPESTADE, William Shakespeare.


in A Tempestade, Mangá Shakespeare, ilustrações Paul Duffield, tradução Alexei Bueno, Galera Record, RJ, 2013.


Nenhum comentário:

Postar um comentário